quinta-feira, 6 de junho de 2013

Mocambo protesta contra a AM Energia


 Domingo a tarde, uma árvore caiu na estrada e atingiu a fiação de energia da Agrovila Mocambo, que ficou sem o serviço até às 21h, quando a prestadora de serviço da Amazonas Energia, resolveu o problema. Inconformada, a população iniciou um manifesto que perdurou até segunda-feira (03).
“O carro da empresa foi depredado e a lancha levada pra terra por moradores. Acionamos uma equipe de 6 PMs para resgatar os 5 funcionários que estavam sendo ameaçados. Em todo o município constantemente tem problema na geração de energia, espero que a população se conscientize, vivemos em um país democrático e não se pode agir de forma agressiva”, relata o Major Valadares, comandante do 11º Batalhão de Polícia Militar de Parintins. 
O Tenente Pantoja relata que a comunidade recebeu os policiais com gritos, pedradas e cidadãos ameaçaram pegar espingarda para intimidar os PMs. “É lamentável que a comunidade reivindique os seus direitos de forma violenta. Mesmo assim, os policiais conseguiram trazer os funcionários com a integridade mantida”.
Para Nilton Jacaúna, o manifesto foi pacífico, em prol da melhoria nos serviços da empresa e a devolução do gerador de energia à Agrovila. “Somente a AM Energia pode devolver o gerador que ela retirou da comunidade. A polícia chegou armada com o intuito de intimidar, queremos respeito com a nossa comunidade”, relata.
Outro morador ressalta que o carro e a voadeira, serão mantidos sob vigilância dos comunitários.  “Não somos baderneiros, estamos mais de dois anos sofrendo, assim iremos fazer com a OI”.

A AM Energia registrou Boletim de Ocorrência na 3ª Delegacia Interativa de Polícia e solicitou do 11º Batalhão uma guarnição para dar segurança à empresa ao trazer a Parintins os veículos que foram danificados.

Geandro Soares 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário