sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Mais um integrante da quadrilha do tráfico é preso


   Com ele foi apreendido uma quantidade de droga e a importância de R$ 635,00

O delegado Ivo Cunha, titular da 3ª Delegacia Interativa de Polícia (3ª DIP), informa que ontem encerrou a Operação Carnalimpo. Com o fim da ação, o lavador de carro Edinaldo Farias Azevedo, 31, (o China), morador da rua Alcides Seixas, bairro São Francisco foi preso. Ele é acusado de fazer parte de uma quadrilha que atuava na venda de entorpecente em Parintins, Nhamundá e Barreirinha.
Ivo Cunha assegura que, com a prisão do China concluíram a Operação. “Ele era o alvo detectado pelas investigações que duraram três meses e culminou com o cumprimento de treze mandados de busca e apreensão. Deixamos para prendê-lo depois porque não tinha paradeiro fixo. Nos últimos dias o serviço de inteligência detectou os endereços dele, um em uma pousada próximo a radio Tiradentes, outro na rua 5 do Itaúna e na casa da mãe dele no bairro São Francisco onde foi preso”, diz o delegado.
O titular revela que o acusado estava almoçando quando foi preso por volta do meio dia. “Ele foi flagranteado por tráfico de droga e deve baixar hoje para o presídio, foi ouvido e os procedimentos policiais já foram feitos. Com ele aprendemos uma quantidade de droga e a importância de R$ 635,00”.

Bando

Os integrantes da quadrilha presos anteriormente foram: Thiago de Paula Araújo Lopes, 20, Alex Franco Monteiro, Tênison Lima Lopes, 34, Mara Nascimento Fernandes, 35, Ângela Maria Barbosa, 40, Itaciara Mourão Gonçalves, 33, Aliomar Prado (o Lico), Sormany dos Santos Ribeiro, 40 e Arionete dos Santos Ribeiro, 32 (o Negão), Honório Francisco Nascimento Lopes, 50, e Ana Hester Teixeira de Carvalho, Alaiza de Souza Dias, 43.

A operação Carnalimpo está concluída de acordo com o delegado, com 100% de êxito. Foram presos todos os traficantes envolvidos na quadrilha. A operação envolveu 36 agentes e com custo zero para o Estado. Todas as informações eram feitas pelo Sistema de Segurança do Estado e os agentes de inteligência das polícias local faziam as investigações, em total sigilo. “A inteligência da Policia Militar está de parabéns”, finaliza Ivo Cunha.

Um comentário:

  1. vilsiney_santos@hotmail.com28 de janeiro de 2013 04:33

    muito bom o trabalho que o jornal faz para marter as pessoas atualizadas no que acontece em nossa cidade.

    ResponderExcluir